O fumo e as suas complicações na saúde.

Confira algumas dicas de como parar de fumar.

fumo

O cigarro é um dos produtos mais nocivos à saúde que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, mata cerca de 6 milhões de pessoas a cada ano. Um dado alarmante, mas que não é forte o suficiente para conter o seu consumo. Leia Mais

Bons cuidados com sua coluna.

A Coluna vertebral acumula diversas funções no corpo humano e, quando utilizada da forma errada, acaba trazendo problemas.

coluna

A coluna vertebral soma diversas funções no corpo humano, sendo responsável pela sustentação, movimentação, flexibilidade e equilíbrio. Um elevado número de responsabilidades, que acabam trazendo desgaste excessivo, provocando as comuns dores nas costas, que cerca de 80% da população afirma já ter sofrido. Leia Mais

AIDS: muita coisa mudou, mas o perigo continua.

A Aids é um problema que geralmente ganha destaque em determinadas épocas do ano, como o carnaval, mas o seu perigo é permanente, e qualquer situação de risco deve ser evitada.

aids

Desde o surgimento do primeiro caso da Aids no início da década de 80 muita coisa mudou no tratamento e na vida dos soropositivos. Ao contrário de antigamente, hoje é possível ser diagnosticado com a doença e ainda ter qualidade de vida, desde que seja realizado o acompanhamento médico, e o correto tratamento com os medicamentos específicos. Leia Mais

Aranha-Marrom.

A Aranha-Marrom é uma espécie venenosa de aracnídeo com corpo de coloração acastanhada, que mede, na idade adulta, de 3 a 4 cm. É muito conhecida por gostar de viver em locais escuros, secos e quentes, o que a leva a procurar a parte de trás de quadros, móveis e livros.

aranha-marrom2

Vivendo dentro das residências, com hábitos noturnos e alta atividade no verão, acabam ocorrendo muitos acidentes, quando a Aranha-Marrom é pressionada contra a pele, e utiliza a sua picada como defesa, visto que esta espécie não tem comportamento agressivo. Leia Mais

Obesidade Infantil.

A Obesidade Infantil já é considerada uma epidemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS). É um grande problema que, apenas no Brasil, cresceu 1000% nos últimos 40 anos.

obesidade-infantil

O quadro da Obesidade Infantil é constatado quando bebês e crianças, de até 12 anos, possuem o peso corporal superior a 15% ao valor médio para sua idade. Leia Mais

A Anemia e seus cuidados.

A Anemia é uma Síndrome causada pela diminuição da hemoglobina, que transporta o oxigênio do pulmão para o organismo, ou a redução dos glóbulos vermelhos no sangue.

anemia

A Anemia pode ser aguda ou crônica, adquirida ou hereditária. Entre os sintomas podemos encontrar a queda da pressão arterial, palidez cutânea, cansaço, falta de memória, tonturas, fraquezas e, entre outros, a taquicardia. Leia Mais

Conheça melhor o perigo do vírus Ebola.

O Ebola é uma febre hemorrágica viral, transmitida entre os mamíferos através do contato com os fluídos biológicos do infectado.

ebola2

O período de incubação do vírus é de 2 a 21 dias e os primeiros sintomas são: febre, forte dor de cabeça, fraqueza muscular, inflamação na garganta e calafrios. O quadro mais avançado da doença apresenta: vômitos, diarreia, dor no peito, no estômago, entre outros sintomas. Leia Mais

O maior órgão do corpo humano merece cuidados.

A pele e o sol. Uma relação muito próxima e que exige certos cuidados. Confira algumas dicas.

cuidados-pele

A pele é composta por duas camadas, a derme e a epiderme, e está sempre protegendo nosso corpo de agentes externos.

Por ser um órgão que está exposto todo o tempo, acaba exigindo uma atenção maior para prevenir alguns problemas, como o envelhecimento precoce, ou até mesmo, doenças mais graves, como o câncer de pele. Leia Mais

Outubro Rosa: Um cuidado que deve durar o ano todo.

O câncer de mama é o tipo que mais acomete as mulheres em todo o mundo. Uma doença perigosa e que exige atitudes como o movimento Outubro Rosa, que relembra a importância de se cuidar durante todo o ano.

outubro-rosa2

Esse tipo de câncer pode atingir homens e mulheres, sendo que a proporção é de 1 caso masculino, a cada 100 femininos. Outra informação importante é o fator de risco, que pode aumentar as chancede contrair a doença, entre eles estão: histórico familiar, obesidade, colesterol elevado e idade acima dos 40 anos. Leia Mais

Cistite e infecção urinária: conheça os sintomas e tratamentos

Beber líquidos e urinar constantemente é tratamento e prevenção

Corte09

Cistite e infecção urinária têm sintomas muito parecidos, mas não são a mesma doença. Enquanto a cistite é uma inflamação da bexiga que pode se tornar uma infecção, a infecção urinária abrange todo o trato urinário, dos rins à uretra. Em ambos os casos, porém, dor ao urinar e uma constante vontade de ir ao banheiro são os sinais mais comuns, podendo existir também presença de sangue na urina.

Tanto a cistite e a infecção urinária são mais comuns em mulheres, principalmente naquelas que são ativas sexualmente. As mulheres são as mais afetadas porque sua uretra é menor que a dos homens e em local de fácil acesso a bactérias. Mas não se engane: os homens também sofrem com o problema.

Para o diagnóstico, o especialista costuma pedir exames de urina. No caso de uma infecção, o exame apontará a presença de bactérias e deverá ser tratada com antibióticos e muito líquido. No caso de uma inflamação, beber líquidos também é aconselhado e o uso de anti-inflamatórios, para diminuir o incômodo, pode ser uma opção.

É importante ressaltar que não se deve segurar a urina, o que ajuda no surgimento de cistite ou infecção urinária, pois a uretra não será limpa durante um longo período, ficando mais suscetível às bactérias. Também é aconselhável urinar após a relação sexual, mesmo que seja pouco para limpar a uretra. Usar camisinha é fundamental para diminuir o risco de infecção. E no caso de já estar infectado, não deixe de ir ao banheiro ao menor sinal: limpar o canal urinário faz parte do tratamento.