Outubro Rosa, o mês de combate ao Câncer de Mama

Mês se tinge de rosa para relembrar que a conscientização acontece o ano inteiro

BlogCombate_FR

 

Todo dia é dia de lutar contra o Câncer de Mama, mas outubro é um mês mais especial – é quando o mundo todo adquire tons de rosa para lembrar que a detecção precoce do câncer de mama é a principal arma contra esta doença que é a segunda maior causa de morte entre mulheres.

Leia Mais

Cuide da saúde dos seus rins com hábitos simples

Rins saudáveis evitam problemas graves no futuro

Blog_Rins

 

Com 150 gramas e apenas 12 centímetros de altura, quase não dá para acreditar que os rins são órgãos tão vitais quanto o coração e os pulmões. Eles controlam a quantidade de água e sal no corpo, eliminam resíduos e toxinas, ajudam no controle da hipertensão, produzem hormônios que impedem a anemia e a descalcificação óssea, conservam as concentrações contínuas de ácido, evitam a anemia e aumentam a produção de vitamina D.

Leia Mais

Caminhar uma hora por dia reduz o risco de câncer de mama

Mulheres na pós-menopausa que caminham frequentemente podem reduzir o risco em até 14%

Blog_03

 

A Sociedade Americana do Câncer anunciou recentemente uma ótima notícia para este Outubro Rosa: uma simples caminhada de uma hora por dia pode diminuir de maneira significativa o risco de desenvolver câncer de mama.

Leia Mais

Alimentos da estação: ovos vermelhos

Assim como os ovos brancos, eles podem ser aliados da saúde

Blog_Ovos

 

Muito se fala sobre os ovos vermelhos – são diferentes, são mais nutritivos, são mais gostosos. Mas tudo isso não passa de um mito. Na verdade, excetuando a cor e o tamanho, os ovos vermelhos são iguais aos brancos.

Leia Mais

Escola: qual o melhor período para seus filhos?

Crianças e adolescentes funcionam de maneiras diferentes na hora de estudar

Blog_Melhor

 

Cenas comuns do cotidiano: criança de 6 anos acorda antes dos pais e já chega pulando na cama do casal, cheia de energia. Enquanto isto, na casa vizinha, os pais já não sabem mais o que fazer para convencer o filho adolescente a sair da cama e ir para o colégio.

Cada pessoa possui o seu relógio biológico e o sistema que controla a alternância entre o sono e a vigília é o núcleo supraquiasmático. Ele é o responsável pela hora da fome, do sono e da noção de que é dia ou noite. Quando o corpo passa por mudanças hormonais e estímulos externos, o relógio biológico é modificado – é por isto que crianças, adolescentes, adultos e idosos costumam dormir e acordar em horários diferentes.

Leia Mais

Frischmann lança portal especial sobre vacinas

Página descomplicada e divertida ajuda a manter a carteira de vacinação em dia

vacinas post

 

As suas vacinas estão em dia? Quando somos crianças é até mais fácil acompanhar as datas de vacinação, mas, conforme os anos passam, é comum esquecer a carteirinha  e nem saber se é preciso tomar uma nova vacina ou algum reforço.

Para ajudar, o Frischmann acaba de lançar um site especial. Com design simples e intuitivo, onde o usuário  utiliza uma única página para conseguir todas as informações necessárias.

Leia Mais

Energéticos: amigos ou inimigos?

Bebida que manda o sono embora tem seus prós e contras

Blog_SemAsas

Vendidas como a solução mais prática para quem precisa de um ânimo extra, as bebidas energéticas são vistas normalmente nas mãos de jovens na balada e com pessoas que precisam ficar alertas no trabalho ou na escola.

Feitas à base de cafeína e outras substâncias estimulantes, como a taurina e a glucoronolactona, os energéticos realmente potencializam a resposta do cérebro aos estímulos, deixando o corpo mais ativo ou acelerado. Por outro lado, cada vez mais pesquisas alertam sobre perigosos efeitos colaterais.

Muitas dúvidas cercam este tipo de bebida. O que é fato e o que é boato?

Não se deve misturar energético com álcool
Fato. Combinados com álcool, os energéticos provocam aumento da adrenalina, palpitações, suor, e dependendo da quantidade ingerida, podem levar à desidratação, já que os dois são diuréticos. A cafeína da bebida também aumenta a absorção do álcool, aumentando o risco de intoxicação.

Faz mal ao coração
Em parte. Se for consumido em excesso, o energético realmente apresenta perigo. Segundo um estudo do Hospital Mount Sinai, nos Estados Unidos, o consumo frequente de 250 mililitros desse tipo de bebida induz coágulos nos vasos sanguíneos. Além disto, por conter grande quantidade de açúcar, também pode ser responsável por outros problemas, como obesidade e diabetes.

Existe uma recomendação diária de consumo
Fato. Cada latinha de energético equivale a cerca de três xícaras de café, por isso, o consumo máximo indicado é de uma latinha (250 ml) por dia, sem misturá-la a nenhum tipo de bebida alcoólica ou medicações.

Pode ser consumido por qualquer pessoa
Boato. Ainda que seja vendida em qualquer lugar e não seja proibida para menores, a bebida deve ser evitada por crianças, idosos e pessoas com problemas cardíacos, pressão alta, insônia e hiperatividade.

Não é indicado para fazer exercícios
Fato. Muitas pessoas confundem a ideia de energéticos com isotônicos e acreditam que a bebida vai ajudar a acelerar a malhação. O rendimento físico de fato aumenta depois da sua ingestão, já que os energéticos aumentam a frequência cardíaca e a temperatura do corpo. No entanto, sua ação tem efeito rebote para o organismo, deixando a pessoa desidratada, ainda mais cansada e sentindo os efeitos do estresse muscular.

Energético faz bem para a memória
Fato. Alguns estudos afirmam que este tipo de bebida melhora o desempenho psicomotor e aumenta a concentração e a memória imediata. Mas é bom lembrar que, nessas pesquisas, os componentes não foram estudados isoladamente.

Energético pode viciar
Fato. Assim como outros estimulantes químicos (cafeína ou drogas), eles deixam de fazer efeito se o uso for contínuo. A pessoa passa a ingerir quantidades cada vez maiores para obter o mesmo resultado e entra em um círculo vicioso.

É possível sofrer overdose de energético
Boato. O risco de morte é muito baixo, mas os sintomas de quem exagera na dose são tão desagradáveis que a pessoa tem sensação de que vai morrer. Tremores, taquicardia, aumento ou queda de pressão, dor de cabeça, náuseas e ansiedade são alguns dos sintomas mais comuns.

Aprenda a desvendar o que quer dizer cada coisa nos rótulos dos alimentos

Para ter uma alimentação correta, é preciso aprender a ler o rótulo dos produtos

labfa-rotulo-corte

O primeiro passo para ter uma alimentação saudável é saber balancear nutrientes e calorias. Nem sempre o que parece saudável na teoria faz bem para a saúde de verdade (é o caso de muitos alimentos industrializados que se dizem “light” ou “diet”), enquanto outros parecem ser vilões, mas, se consumidos da maneira recomendada, não fazem mal.
Leia Mais

Alimentos da estação: Couve de Bruxelas

Famosa na Europa, esta verdura também merece espaço nos pratos brasileiros

labfa-couve-corte

Parente próximo do brócolis e da couve e também conhecida como “repolhinho”, a couve de bruxelas é muito comum na Europa, ela quase não frequenta os lares do Brasil, mas esta é a estação ideal para experimentá-la e aproveitar os seus benefícios para a saúde.
Leia Mais

Retire o laudo do seu exame pelo site do Frischmann

Site disponibiliza os resultados pela internet

labfa-laudo-corte

Já que atualmente tudo é feito pela internet, o Frischmann acompanha o seu ritmo e disponibiliza uma ferramenta simples e prática para quem prefere ver os resultados dos exames com mais rapidez.
Leia Mais