Cientistas descobrem mutação genética que faz as pessoas engordarem

Nem sempre o peso mostrado na balança é culpa dos hábitos alimentares

labfa-peso-corte

Você provavelmente conhece ao menos uma pessoa que come corretamente, pratica exercícios e ainda assim sofre para ver o ponteiro da balança abaixar. Muitos não acreditam no fator “predisposição genética”, mas um novo estudo veio para mostrar que sim, às vezes são os próprios genes que sabotam a dieta.

De acordo com pesquisadores da Universidade de Maastricht, na Holanda, homens e mulheres podem ter tendência a engordar e os motivos são diferentes para cada sexo, visto que envolvem a ação de hormônios sexuais.

No caso das mulheres, a culpa é do gene MMP2. Cerca de 30% das mulheres apresentam uma mutação neste gene, que é o responsável pelo maior desenvolvimento de tecido adiposo. Como resultado dessa mutação, a chance de acumular seis quilos aumenta em duas vezes e meia.

Já nos homens, a causa é no gene FTO. Quando apresenta mutação, este gene aumenta o desejo por alimentos gordurosos e açucarados, o que leva os homens a ingerir 100 calorias a mais por refeição – duplicando a chance de acumular seis quilos.

Quando for criado um teste acessível que identifique tais mutações em homens e mulher, ele será um bom aliado no tratamento contra a obesidade.

Tags:, , , , ,