Arquivo para categoria: Giro na saúde

29 de agosto é o Dia Nacional de Combate ao Fumo

Dra. Jerusa Miqueloto, oncologista e hematologista do Laboratório Frischmann Aisengart, faz um alerta sobre os malefícios do tabagismo.

frisch_blog

Considerado pela comunidade médica um problema de Saúde Pública que acarreta uma série de doenças graves, o tabagismo atinge cerca de 1,3 bilhão de pessoas em todo o mundo, o que representa mais de 15 bilhões de cigarros consumidos diariamente. Neste 29 de agosto, comemora-se o Dia Nacional de Combate ao Fumo e, mais uma vez, autoridades e entidades de todo o país concentram esforços em campanhas de conscientização.

Para Dra. Jerusa Miqueloto, oncologista e hematologista integrante do corpo clínico do Laboratório Frischmann Aisengart, as doenças acarretadas pelo tabagismo chegam a matar hoje, nos países em desenvolvimento, mais que a soma de outras causas evitáveis de morte, tais como o uso de cocaína, heroína, álcool, acidentes como incêndios, suicídios e até o vírus da AIDS.

fumante

O tabagismo é causa de grandes prejuízos às pessoas e à sociedade. A principal doença relacionada ao tabagismo é o enfisema pulmonar, classificado como Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica – DPOC -, mas o fumante pode ter outras doenças graves como Acidente Vascular Cerebral (derrame cerebral), impotência sexual, complicações cardíacas, câncer de cordas vocais, língua, boca e faringe. “Estas são importantes e frequentes patologias associadas ao fumo e que muitas vezes têm um grande impacto na perda de qualidade de vida, e podem deixar o paciente dependente de oxigênioterapia”, reforça a especialista.

A Dra. Jerusa salienta que o tabagismo aumenta não só o risco de doenças pulmonares e respiratórias, ele é o principal responsável pelo câncer de pulmão, que mais mata pessoas no mundo. O tabagismo também atinge diretamente os vasos sanguíneos e está diretamente relacionado à alteração do metabolismo do colesterol, pois atua no aumento do colesterol total, aumentando a fração ruim (LDL) e diminuindo a fração boa (HDL). Portanto, aumenta  muito o risco cardiovascular. “Assim, não há como não relacionar o tabagismo à incapacidade e ao elevado risco de morte em pessoas jovens”, afirma a médica.

Para a especialista, há muitas sugestões para diminuir esse uso, tais como o aumento de preços do cigarro, dificultando a aquisição. As medidas de apoio para diminuir o hábito do tabagismo, como médicos especialistas, psicólogos e medicações disponíveis para auxiliar no tratamento de interrupção do tabagismo poderiam ser mais acessíveis, de menor preço, para que se atingisse maior número de dependentes. As propagandas poderiam ser proibidas. “Assim, poderíamos tentar conseguir resultados mais concretos e diminuir as doenças que o tabagismo acarreta”, conclui.

raiox_pulmao

 

Fumo e saúde

  • Responsável por 75% dos casos de bronquite crônica.
  • 80% dos casos de enfisema pulmonar.
  • 80% dos casos de câncer de pulmão.
  • 25% dos casos de infarto agudo do miocárdio.
  • Riscos de 100 a 800% (8 vezes mais) de contrair infecções respiratórias, câncer de laringe, boca, esôfago, pâncreas, rim, bexiga, aterosclerose, acidente vascular cerebral, tromboangeíte obliterante e aneurismas de aorta.
  • Quanto maior o número de anos de tabagismo, mais elevada a mortalidade.
  • Quanto mais cedo começa, maior o risco.
  • O risco de câncer nos ex-fumantes está diretamente relacionado com o número de cigarros /dia e anos de tabagismo.
  • Há considerável diminuição da expectativa de vida. Se o início se dá antes dos 15 anos, a mortalidade é 2 a 3 vezes maior que os não-fumantes da mesma idade.
  • A nicotina faz dependência por atuar no sistema nervoso. O monóxido de carbono prejudica a oxigenação, inclusive do miocárdio (músculo do coração). Diminuindo a oxigenação, favorece o depósito de gordura nas artérias.
  • Aumento do colesterol total e fração LDL (mau colesterol), diminuição do HDL (bom colesterol).
  • Após fumar um cigarro, observa-se aumento do ritmo cardíaco, aumento da pressão arterial, vasoconstrição periférica. Isto, continuamente, obriga o coração a maior esforço.
  • O fumo tem mais de 4770 substâncias tóxicas, sendo 60 substâncias sabidamente cancerígenas, como o alcatrão. Outras substâncias presentes são consideradas cocarcinogênicas, como arsênico níquel e cádmio. Há elementos radioativos como polônio-210 e carbono-14.
  • Além disso, ocorrem injúrias comprovadas no DNA. O risco de câncer é de 4 a 14 vezes maior do que no não-fumante.

Estudo indica maçã para combater o colesterol alto

Pesquisa da Universidade de Oxford mostrou que os antioxidantes da fruta combatem o LDL

BlogFR03 (2)

Um ditado inglês diz que uma maçã por dia mantém o médico longe. Mas será que isto é verdade? Segundo um estudo realizado pela Universidade de Oxford, pode até ser. É claro que o corpo humano precisa de uma alimentação saudável e balanceada, de exercícios físicos e de menos stress para afastar as doenças, mas uma maçã pode dar uma boa ajuda, sim. Leia Mais

Alimentação do pai influencia formação do bebê antes mesmo de ele nascer

Excesso de gorduras e fast food atrapalham o metabolismo de folato no organismo

BlogFR01 (9)

Enquanto a sabedoria popular afirma que “você é o que você come”, uma pesquisa realizada na Universidade McGill, no Canadá, vem para dizer que você também é o que o seu pai come. Achou estranho? Pois é isto mesmo: assim como as mulheres que pretendem engravidar e passam a fazer uma dieta especial, o mesmo deveria valer para os homens que querem ser pais. Leia Mais

Estudo sugere que a depressão pode estar ligada a um problema nas sinapses do cérebro

Descoberta pode ser o começo da criação de um “antidepressivo sob medida”

BlogFR05 (1)

Até muito recentemente, cientistas do mundo inteiro acreditavam que a depressão estava ligada à falta de serotonina, um neurotransmissor que tem influência no humor e nas emoções. No entanto, um estudo conduzido pela Universidade de Tel Aviv surgiu para mudar esta ideia e dar uma nova opção de tratamento. Leia Mais

Comer devagar realmente pode ajudar na perda de peso

Estudo confirma que quem demora mais para comer ingere menos calorias

BlogFR06 (1)

Você provavelmente já ouviu a recomendação de que “é preciso mastigar 30 vezes antes de engolir”. Pois a dica tem fundamento: pesquisadores da Texas Christian University comprovaram que mastigar bastante e de maneira vagarosa não só ajuda o processo da digestão, como de fato dá uma força na dieta. Leia Mais

Estudo sugere que cantar em coral faz bem para a saúde mental

Se cantar já faz bem, cantar em grupo pode ser melhor ainda

BlogFR02 (8)

Quem canta os seus males espanta – literalmente! Uma pesquisa recente realizada pela Oxford Brookes University sugere que cantar, especialmente em coral, é uma maneira de cuidar da saúde mental. Leia Mais

Dia Nacional da Mamografia é mais um alerta para a prevenção do câncer de mama

Exame é a melhor forma de detectar a doença ainda no começo

blogOutros

O Dia Nacional da Mamografia é comemorado desde 2008 no dia 5 de fevereiro, isto graças a um projeto de lei aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. A data foi escolhida a dedo: é o dia em que os católicos festejam Santa Ágata, protetora contra as doenças mamárias e padroeira dos mastologistas. E, considerando que apenas um dia antes é comemorado o Dia Mundial do Câncer, esta é a melhor hora para divulgar a importância de marcar os exames para prevenir ou detectar a doença precocemente. Leia Mais

Beleza (quase) natural

Você sabia que, no Brasil, foram feitas 905 mil cirurgias plásticas em 2011?

BlogFR01 (4)

Você sabia que, no Brasil, foram feitas 905 mil cirurgias plásticas em 2011? E que o país ganhou dos americanos no número de algumas dessas “pequenas correções”? Veja como tem sido a transformação dos homens e mulheres brasileiros:

 

Bebês aprendem cantigas de ninar ainda no útero

Segundo estudo, tocar músicas durante a gravidez ajuda o feto a desenvolver a audição

BlogFR02 (2)

A ciência já havia sugerido que conversar com o bebê que ainda está na barriga da mãe e colocar músicas calmas no ambiente ajudam o feto a se desenvolver melhor, mas recentemente outra descoberta reforçou os benefícios do som para a criança – ela ajuda a desenvolver a sua audição e seu aprendizado. Leia Mais

Bafômetro especial diz se você está emagrecendo de verdade

Companhia japonesa cria aparelho que procura traços de acetona no hálito

BlogFR01 (1)

 

A princípio, o título e o subtítulo do texto podem confundir muita gente – afinal, bafômetro não mede o álcool no organismo? Acetona não é algo que faz parte de alguns removedores de esmalte? Mas a notícia é exatamente esta: japoneses inventaram um tipo de bafômetro que, através da acetona, pode dizer se a sua dieta e o seu esforço estão dando resultados. Leia Mais