Arquivo para categoria: Sou saúde

Seis informações importantes para serem avaliadas nos rótulos dos alimentos

Endocrinologista do Frischmann Aisengart lista itens que devem ser observados na hora de realizar as compras

frisch_blog

Muita gente deixa para fazer as compras depois do expediente e acaba não se atentando aos alimentos que coloca no carrinho. De acordo com Myrna Campagnoli, endocrinologista que integra o corpo clínico do Laboratório Frischmann Aisengart, para evitar cair em armadilhas é fundamental ler os rótulos na hora de escolher os alimentos. “Até mesmo as versões light podem não ser nutricionalmente boas para o organismo”, explica.

Para a especialista, não é necessário ler todo o rótulo, mas algumas informações merecem destaque. Os ingredientes, por exemplo, mostram qual a composição do produto de forma decrescente. Se o primeiro ingrediente presente na lista for farinha de trigo, então é o que está em maior quantidade no produto.

A tabela nutricional também contém informações como calorias, açúcares e gorduras. “Os dados colocados na tabela servem para controle nutricional, e devem ser lidos, principalmente, por quem tem restrições alimentares, como os hipertensos, que precisam evitar o sódio”, afirma a Dra. Myrna.

 

Para ajudar na compreensão da tabela nutricional, a endocrinologista listou alguns itens que merecem mais atenção:

 

  1. Valor energético: Corresponde à energia produzida pelo corpo proveniente de carboidratos, gorduras e proteínas. Ele costuma ser o primeiro item da tabela, colocado em forma de quilocalorias (kcal). Para quem segue dietas com restrições de calorias, este dado é muito importante.
  2. Quantidade da porção: Quem nunca comprou um pacote de salgadinho achando que tinha poucas calorias, mas ao chegar em casa percebeu que o número correspondia a apenas um terço do pacote? Este é um dos primeiros itens que deve ser olhado a fim de evitar surpresas.
  3. Gorduras saturadas: Encontrada principalmente em alimentos de origem animal, essa gordura, quando consumida em excesso, aumenta o colesterol ruim (LDL). Para saber se o produto tem muito desse nutriente, lembre-se que o recomendado é apenas 20 gramas ao dia. Ou seja, alimentos com mais de 2 gramas a cada 100 gramas já representam 10% da cota diária.
  4. Sódio: Está presente em quase todos os alimentos industrializados, inclusive nos doces. O seu consumo excessivo pode ser prejudicial, principalmente aos hipertensos. O indicado é que, a cada 100 miligramas de um alimento, deve haver, no máximo, 200 miligramas de sódio.
  5. Fibras: Além de ajudar no regulamento do intestino, as fibras são também importantes aliadas para a redução da absorção do colesterol e de açúcares. Segundo a Dra. Myrna, hoje o mercado conta com várias opções de alimentos integrais, mas nem todos possuem uma boa porção desse nutriente.  O ideal é que haja a proporção de 3 gramas de fibras a cada 100 gramas do produto.
  6. Colesterol: Independentemente da quantidade de alimentos consumidos diariamente, o consumo diário de colesterol não deve passar de 300 miligramas. O excesso pode colaborar para o aumento do LDL, resultando em um fator de risco para o infarto.

Estudo indica maçã para combater o colesterol alto

Pesquisa da Universidade de Oxford mostrou que os antioxidantes da fruta combatem o LDL

BlogFR03 (2)

Um ditado inglês diz que uma maçã por dia mantém o médico longe. Mas será que isto é verdade? Segundo um estudo realizado pela Universidade de Oxford, pode até ser. É claro que o corpo humano precisa de uma alimentação saudável e balanceada, de exercícios físicos e de menos stress para afastar as doenças, mas uma maçã pode dar uma boa ajuda, sim. Leia Mais

Alimentação do pai influencia formação do bebê antes mesmo de ele nascer

Excesso de gorduras e fast food atrapalham o metabolismo de folato no organismo

BlogFR01 (9)

Enquanto a sabedoria popular afirma que “você é o que você come”, uma pesquisa realizada na Universidade McGill, no Canadá, vem para dizer que você também é o que o seu pai come. Achou estranho? Pois é isto mesmo: assim como as mulheres que pretendem engravidar e passam a fazer uma dieta especial, o mesmo deveria valer para os homens que querem ser pais. Leia Mais

Sintomas de uma crise de pânico são parecidos com os de um infarto

Falta de ar, transpiração e coração acelerado: pode ser uma crise de pânico

BlogFR04 (1)

A síndrome do pânico é um transtorno mental de ansiedade que causa ataques repentinos de medo e desespero. Falar em público, ficar preso em um engarrafamento, se ver no meio de uma multidão… Estes são gatilhos comuns da crise de pânico, mas ela também pode surgir quando menos se espera – durante o sono, por exemplo. Leia Mais

Mitos e verdades sobre a osteoporose

Os ossos ficam mais frágeis com o passar dos anos, mas é possível evitar a doença

BlogFR02 (9)

Ao contrário do que muitos pensam, nossos ossos não param de trabalhar depois que atingimos a nossa altura máxima. Ainda que seu tamanho possa permanecer o mesmo por décadas, o trabalho dos ossos é constante – para se ter uma ideia, a cada dez anos o esqueleto humano se renova por inteiro.

Compostos por uma matriz na qual se depositam complexos minerais com cálcio, os ossos possuem dois tipos de células: os osteoclastos, que reabsorvem as áreas envelhecidas, e os osteoblastos, que produzem ossos novos. Com o passar dos anos, porém, a absorção das células velhas aumenta, e a formação de novas células ósseas diminui. Leia Mais

Estudo sugere que a depressão pode estar ligada a um problema nas sinapses do cérebro

Descoberta pode ser o começo da criação de um “antidepressivo sob medida”

BlogFR05 (1)

Até muito recentemente, cientistas do mundo inteiro acreditavam que a depressão estava ligada à falta de serotonina, um neurotransmissor que tem influência no humor e nas emoções. No entanto, um estudo conduzido pela Universidade de Tel Aviv surgiu para mudar esta ideia e dar uma nova opção de tratamento. Leia Mais

Comer devagar realmente pode ajudar na perda de peso

Estudo confirma que quem demora mais para comer ingere menos calorias

BlogFR06 (1)

Você provavelmente já ouviu a recomendação de que “é preciso mastigar 30 vezes antes de engolir”. Pois a dica tem fundamento: pesquisadores da Texas Christian University comprovaram que mastigar bastante e de maneira vagarosa não só ajuda o processo da digestão, como de fato dá uma força na dieta. Leia Mais

Estudo sugere que cantar em coral faz bem para a saúde mental

Se cantar já faz bem, cantar em grupo pode ser melhor ainda

BlogFR02 (8)

Quem canta os seus males espanta – literalmente! Uma pesquisa recente realizada pela Oxford Brookes University sugere que cantar, especialmente em coral, é uma maneira de cuidar da saúde mental. Leia Mais

Maca peruana: tubérculo traz benefícios à saúde e ajuda na dieta

Consumida in natura ou na forma de farinha ou cápsulas, alimento absorve gorduras

BlogFR01 (8)

Seu nome ainda não fez fama no Brasil, mas a maca peruana está conquistando seguidores a cada dia que passa. Natural dos Andes, no Peru, o tubérculo tem gosto suave e lembra um pouco um rabanete, mas a sua fama não vem de seus dotes gastronômicos, mas dos seus benefícios para a saúde. Leia Mais

Evolução da espécie

Novos exames, análises genômicas e avanços da medicina prometem uma vida mais longa e com mais qualidade

BlogFR02 (7)

Símbolo de beleza e causas humanitárias, a atriz Angelina Jolie, 37 anos, anunciou recentemente que se submeteu a uma mastectomia bilateral, a retirada dos dois seios. O anúncio foi feito em um artigo no jornal americano The New York Times entitulado My Medical Choice (Minha Escolha Médica, em tradução livre). Com histórico familiar (sua mãe morreu aos 56 anos, vítima de câncer), a atriz descobriu, por meio de um exame genético, que tem uma alteração genética que aumenta consideravelmente as chances de desenvolver câncer de mama e de ovário. Então, optou pela cirurgia preventiva que reduziu de 87% para 5% as chances de ser vítima de câncer de mama. Leia Mais