Diabetes: Quando Desconfiar

Entenda melhor essa silenciosa doença, seus principais sintomas e como prevenir.

Delboni_blog_dia mundial do diabetes

Com a rotina corrida dos dias de hoje, muita gente acaba negligenciando a saúde e o bem-estar. Mesmo os hábitos mais simples, como investir em uma alimentação equilibrada e tirar 30 minutos no dia para fazer uma atividade física, acabam ficando de lado.

É verdade que pedir um hambúrguer ou uma pizza é mais rápido do que preparar uma comidinha caseira, e fazer uma maratona de filmes requer menos esforço do que sair para caminhar. Mas é bom ficar atento: a má alimentação e o sedentarismo podem trazer consequências permanentes para a sua saúde. Entre essas consequências, está o diabetes tipo 2.

Cerca de 90% dos casos de diabetes são do tipo 2, quando a produção de insulina (hormônio que regula a glicose e o colesterol) é dificultada pelo alto nível de glicose no organismo. Essa resistência à insulina tem relação direta com aumento de peso e obesidade, atingindo principalmente adultos a partir dos 50 anos. No entanto, o quadro também pode aparecer em jovens e crianças, devido ao consumo excessivo de gorduras e falta de exercício físico.

Existem ainda outros tipos de diabetes, como o tipo 1 (quando o pâncreas subitamente deixa de produzir insulina) e o diabetes gestacional (que é detectado no 3º trimestre de gestação, e pode ou não ser temporário).

A boa notícia é que, se investigado desde cedo e com acompanhamento médico, o diabetes pode ser controlado. No caso do diabetes tipo 2, o cuidado deve ser ainda maior, já que os sinais podem demorar anos até aparecerem. Separamos os principais sintomas para você se prevenir:

Sintomas do diabetes tipo 1

  • Urinar com frequência
  • Sede, fome e fadiga excessivas
  • Dificuldade para cicatrizar ferimentos
  • Grande perda de peso
  • Formigamento nos pés e nas mãos

Sintomas do diabetes tipo 2

  • Urinar com frequência
  • Sede, fome e fadiga excessivas
  • Dores nas pernas
  • Visão embaçada

Além dos sintomas acima, existem exames de sangue que permitem o diagnóstico preciso e seguro do diabetes: glicemia em jejum, hemoglobina glicada e o teste de tolerância à glicose. Antes de tudo, o fundamental é conversar com seu médico para investigar o problema.