Especial cores no prato: marrom e bege

Cores típicas dos cereais são fundamentais para a dieta

Blog_FR2

 

Quando pensamos nas cores dos alimentos, geralmente pensamos no verde, no vermelho, no amarelo. Mas existe outra categoria de cor muito importante para a alimentação saudável: o grupo do marrom e do bege.

Arroz integral, aveia integral, centeio, cevada, nozes, grão-de-bico, feijão, lentilha, pão integral, soja, tamarindo, pinhão, trigo, amendoim, amêndoas, canela. Não faltam opções para rechear o cardápio – e também não faltam benefícios.

O mais conhecido é a alta capacidade de favorecer o bom funcionamento do intestino e prevenir a prisão de ventre, graças à grande quantidade de fibras. Além disto, estes alimentos possuem vitaminas do complexo B, antioxidantes e selênio em abundância.  Consequentemente, combatem a ansiedade e a depressão, reduzem o colesterol, previnem o câncer e doenças cardiovasculares e também elevam a disposição mental.

E mais: os alimentos de cor marrom também são fontes de zinco e magnésio. O zinco participa do metabolismo de nutrientes (carboidratos, lipídeos e proteínas) e está envolvido na função de defesa do  organismo, enquanto o magnésio auxilia na formação de ossos e dentes e no funcionamento do sistema nervoso e muscular.

É importante lembrar, no entanto, que cada alimento também possui um tipo de benefício diferente. A canela, por exemplo, ajuda a acelerar o metabolismo e é ótima contra a gripe. Já o pinhão é uma fonte importante de potássio, mineral que faz os vasos relaxarem e, assim, ajuda a controlar a pressão arterial. Neste caso, variedade significa muita qualidade!

*Leia também: Cores no prato: alimentos vermelhos

Tags:, , , , ,