Pessoas comem mais quando estão felizes

Diferente do estereótipo, a pessoa triste come menos do que a pessoa feliz

labfa-alimentofeliz-corte

É a cena mais comum nos filmes e novelas: a pessoa triste afoga as mágoas na comida e na bebida. Pega um pote de sorvete, barra de chocolate, pacote de salgadinho ou uma garrafa de vinho inteira. A pessoa feliz, não – ela corre no parque, dança na balada, almoça uma salada com as amigas. Mas será que isto é verdade?

De acordo com pesquisadores da Universidade de Maastricht, não. Os cientistas holandeses perceberam que as pessoas exageram na comida justamente quando estão felizes. O estudo contou com a ajuda de 87 estudantes, que assistiram a filmes e programas de TV que provocavam sentimentos positivos, negativos ou neutros. Depois, podiam comer salgadinhos e doces à vontade.

Os alunos previamente classificados como consumidores emocionais – 75% deles – comeram mais calorias após as cenas felizes, não as tristes. E existe uma teoria para explicar isto:

“Quando estamos relaxados e felizes, nós não ficamos obcecados com calorias, nos livramos dos pensamentos culturais do que devemos ou não comer e comemos porque é uma grande fonte de prazer”. Comentou a psicóloga Christy Fergusson sobre a pesquisa.

Tags:, , , , ,