Videogames: uma nova opção para a terceira idade

Pesquisas incentivam o uso de jogos eletrônicos pelos avós

labfa-videogame-corte

Nada de tricô ou dominó na praça. Para realmente exercitar o corpo e a mente, a ciência passou a indicar uma nova atividade para os idosos: jogos de videogame. Pesquisadores de várias universidades do mundo fizeram testes com adultos entre 60 e 70 anos e ficaram surpresos com os benefícios dos jogos eletrônicos.

Cumprir missões específicas que requerem estratégia exigiu bastante do cérebro e, de acordo com a Universidade de Toronto, houve uma melhora de 20% na realização de tarefas do dia a dia. Além do aumento cognitivo para fazer multitarefas, a habilidade motora melhorou e a socialização também. A mente esqueceu os problemas da vida, a memória ficou mais potente e o grupo ficou animado quando percebeu que podia passar de fases e avançar com sucesso no jogo.

No entanto, é claro que os idosos não devem largar tudo e passar o dia na frente da tela. O professor da Universidade de Illinois e estudioso do tema, Dr. Arthur F. Kramer, aponta que exercícios, boa alimentação e contato com outras pessoas são imprescindíveis para a saúde.

Tags:, , , , ,